Tenha Acesso Vip a Estratégias  de Empreendedorismo Digital e comece seu Negócio na Internet do Zero Absoluto

Administração Ricardo Sorren

Administração Financeira – Saiba como isso pode salvar sua empresa

Administração Financeira – Saiba como isso pode salvar sua empresa

Sabe aquele momento em que você está preocupado, pensando em qual futuro escolher para sua vida, que faculdade cursar, que área profissional se inserir e crescer? Então, se você está neste nível, ou talvez até um pouco mais a frente, certamente, já ouviu falar de Administração Financeira.

Mas, o que realmente é a Administração financeira? O que ela faz? Como funciona a coisa toda? Bem, é exatamente isso que veremos nas linhas abaixo:

Administração financeira

Bem, como o nome sugere a Administração Financeira é uma pequena facção pertencente a Administração como um todo, porém seu papel é – basicamente – cuidar das partes das finanças.

Mas não confunda com a contabilidade, não tem nada a ver. Ou melhor, talvez até tenha, mas cada um no seu quadrado!

Pois é, a coisa é um pouco mais complexa do que o nome sugere, sendo assim, vamos dividir por partes.

conselho-de-administração-financeira

Primeiramente, qual o significado de finanças?

Ora, as finanças correspondem ao montante de recursos que serão utilizados, em espécie, e que estão circulando dentro da empresa.

Recursos estes que vão ser usados em compras, pagamentos, financiamentos, empréstimos, manutenção e toda a sorte de coisas.

Ao contrário do que muita gente pensa, as finanças estão presentes o tempo todo no dia-a-dia de uma empresa, e não somente na hora do pagamento de funcionários e credores. Mas, onde está presente?

A resposta é simples, veja só:

  • Marketing;
  • Produção;
  • Contabilidade;
  • Planejamento;

Em suma, as finanças estão presentes em cada caneta, cada grampo de papel, cada parafuso que você utiliza enquanto trabalha e a gestão disso tudo é fundamental para que a empresa, realmente, tenha uma vida longa e próspera.

E é aí que entra a Administração Financeira, justamente para gerir estas finanças, cortar gastos desnecessários, liberar créditos para clientes, analisar investimentos e administrar os meios para manter a viabilidade financeira para o bom funcionamento da empresa como um todo.

Sendo assim…

administração-financeira-do-tempo

A Administração Financeira é importante?

Bem, ela é tão importante para a empresa quanto o sangue é para o corpo humano.

Uma comparação, aliás, muito bem-feita por um estudioso do ramo que me foge o nome agora, diz que a área de Administração Financeira é, justamente, como se fosse sangue.

A qual tem como função principal levar oxigênio para todas as células e manter o corpo como um todo (empresa) vivo!

E, de fato, o que mantém uma empresa de pé é o dinheiro, e é justamente esta a função da Administração Financeira: Levar dinheiro para todos os setores e manter a empresa viva.

Ebook-Empreendedorismo

Mas, devemos ser justos, esta é apenas uma pequena parcela de todo o trabalho que é desempenhado por este importantíssimo setor, além de levar dinheiro para lá e para cá, sempre analisando a melhor oportunidade.

A Administração Financeira deve ter como objetivo primário manter a lucratividade em todos os setores da empresa e fazer um controle competente das entradas e saídas de recursos financeiros da empresa.

Não importando a forma como estes recursos entram ou saem, sejam através de investimentos, de empréstimos, credores, pagamentos… Enfim!

Tudo que envolva um gasto, deve passar pelas mãos do administrador e este precisa controlar tudo para fazer dar lucro.

Certamente você já se deu conta da importância da Administração Financeira, certo? Por ser algo tão importante, provavelmente todas as empresas fazem, não é? Não, não é!

Vou te enviar todas as dicas de como montei este blog e como ser um Empreendedor de Sucesso

Administração Financeira no Brasil

Atualmente, no Brasil, mais de 60% das empresas falem antes dos 5 anos de atuação, e isso acontece – majoritariamente – porque elas não fazem uma boa gestão financeira, muitas vezes o mercado está favorável para determinado setor, mas mesmo assim a empresa fali.

Nada disso teria acontecido se o Pica-pau tivesse avisado aos administradores!

A maioria das empresas, principalmente as de porte pequeno, que tem todas as funções administrativas nas mãos de uma única pessoa (que geralmente é o empreendedor) acabam falindo devido à má gestão financeira.

Por incrível que pareça, muitas empresas têm clientes, tem mão de obra, tem mercado emergente e, mesmo assim, não consegue manter as portas abertas.

Uma das maneiras de evitar isso é se valendo dos princípios básicos da Administração Financeira:

  • Análise, planejamento e controle financeiro;
  • Tomada de decisões de investimento;
  • Tomada de decisões de financiamento.

Ficou curioso e quer saber aplicar estes princípios básicos no dia-a-dia da empresa em que você trabalha ou, até mesmo, da empresa que você é dono? Então continue lendo!

Análise, Controle Financeiro e Planejamento

Como o nome sugere, trata-se de fazer uma Análise de todos os dados contábeis da empresa, saber onde entrou dinheiro, quando entrou, quanto entrou e – principalmente – para onde está saindo este dinheiro todo.

Em seguida, fazer o Controle Financeiro, ou seja, começar a economizar, cortar custos ao máximo e ver quais setores não estão oferecendo lucro, de modo a fazer treinamentos para que aumentem o lucro e, em casos extremos, até mesmo fechar completamente o setor.

Por fim, o Planejamento, que nada mais é do que planejar o futuro da empresa baseado no resultado da análise e do controle financeiro.

Enfim, planejar os próximos investimentos, os locais mais seguros para se investir, os setores que devem receber mais verba e coisas do tipo, a fim de que, com segurança financeira, a empresa possa atingir suas metas, sejam elas quais forem.

administração-financeira-homem-dando-palestra

Tomada de Decisões de Investimento

Uma das coisas mais importantes a serem feitas para garantir um bom futuro para a empresa é saber tomar as decisões de fazer, ou não, um determinado investimento.

Mas, como saber quando é a hora de fazer um investimento?

Bem, são muitos fatores que se deve analisar. Antes de tudo, tenha certeza que você fez corretamente o ato de Análise, Controle Financeiro e Planejamento, pois isso será fundamental para você saber exatamente quanto você dispõe para investir, sem comprometer o futuro da sua empresa.

Feito isso, busque sempre o equilíbrio na hora de fazer investimentos em ativos circulantes (correntes) ou ativos permanentes (não correntes, geralmente a longo prazo). Para ter mais confiança na hora de fazer um investimento, leve em conta dois fatores:

  • TIR (Taxa Interna de Rentabilidade);
  • VAL (Valor Atual Líquido – É a melhor hora de comprar?).

Se você analisar os dois fatores e ambos apontarem positivamente para o investimento, faça!

Caso um dos dois aponte para o lado negativo, descarte a possibilidade do investimento, pois certamente ele lhe trará mais prejuízos do que resultados.

administração-financeira-de-pessoas

Tomada de Decisão de Financiamento

Outro fator extremamente importante para manter a saúde financeira da empresa é saber tomar uma decisão referente ao financiamento.

Muitas empresas falem apenas dois anos depois de tomar o primeiro empréstimo, justamente por não saber da sua capacidade.

Portanto, se você já fez o primeiro e o segundo passo básico da Administração Financeira, certamente você já sabe quanto custa os investimentos que você deseja fazer e se eles, realmente, valem a pena.

Bem como, já deve saber com quanto sua empresa pode arcar para pagar a um financiamento.

Feito isto, basta considerar algumas outras coisas como as condições de pagamento, tempo de carência, juros e benefícios do financiamento.

Pode parecer fácil falar aqui, mas a grande verdade é que estas são decisões difíceis.

Principalmente porque, na maioria das vezes, quando se toma a decisão de solicitar um financiamento é porque realmente se tem a necessidade e, em casos mais graves, o total desespero.

Mas, mantenha a calma e sempre avalie bem todas as opções e se, realmente, só o financiamento vai salvar sua empresa ou garantir o investimento.

Afinal de contas, tentando salvar ou melhorar sua empresa, você pode acabar falindo-a completamente.

Sobre o autor | Website

Empreendedor Digital redator do blog "Trabalhar pela internet agora" onde se empenha de forma profissional a ajudar pessoas determinadas e com foco em como ganhar dinheiro na internet de maneira séria e com verdade de trabalho.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.